A situação nos Campi Flegrei

Especialistas em alerta: fenômeno sísmico continua, requer monitoramento constante e medidas de segurança

O actual enxame sísmico no Campi Flegrei chamou a atenção de especialistas. A sequência de tremores persistiu, embora com alguma desaceleração. Mas a situação ainda não está resolvida. A deformação do solo sugere potenciais eventos sísmicos futuros. Por enquanto, é impossível prever a duração ou intensidade do enxame. É por isso que os especialistas permanecem atentos e vigilantes.

Pesquisadores da Observatório do Vesúvio estão monitorando intensamente. A equipe científica coleta dados incansavelmente e analisa tendências. Estão a expandir a rede de monitorização para cobrir áreas anteriormente não monitorizadas. O monitoramento também inclui fenômenos relacionados ao magma, como análises de gases e indicadores de atividade vulcânica.

Especialistas dizem que o sequência de terremotos corresponde a um padrão conhecido nos Campi Flegrei. Refere-se à elevação do solo desde 2006-2007. Mas não há evidências claras de elevação de magma. A elevação do solo está correlacionada com terremotos mais frequentes e intensos. O monitoramento constante avalia riscos e orienta medidas de segurança.

Garantir a segurança das pessoas é fundamental em áreas propensas a desastres naturais

O governo está considerando medidas para proteger os cidadãos e a infra-estrutura na região dos Campi Flegrei. Escolas e instalações críticas estão no centro das atenções. As opções incluem apoiar a realocação daqueles com maior risco sísmico. Contudo, a segurança desta área requer fundos substanciais, estimados em mais de 500 milhões de euros.

Os Campi Flegrei têm imenso significado geológico e histórico

Esta região vulcânica perto de Nápoles abrange uma caldeira submersa de Quilômetros 13. Contém vulcões ativos e adormecidos. Conhecida pelas erupções milenares passadas, “Flegrei” significa “queima” ou “ardente” em grego. Isso destaca a natureza vulcânica da área. Embora importante do ponto de vista científico e turístico, o monitoramento constante é necessário devido aos riscos naturais.

Fontes

você pode gostar também