Cuba, Unicef ​​doa dexametasona para hospital infantil: para tratar pacientes com Covid positivo

O Hospital Infantil Juan Manuel Márquez da capital recebeu nesta quarta-feira uma doação do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) composta por comprimidos e frascos do medicamento dexametasona para apoiar a resposta do país à pandemia de COVID-19

Brandão Có, representante do UNICEF em Cuba, frisou que esta entrega, canalizada através do Serviço de Financiamento de Abastecimento do UNICEF com apoio financeiro do Governo do Canadá, contribuirá para o atendimento de pacientes soropositivos para SARS-Cov-2 e em particular crianças, adolescentes e grávidas mulheres.

Ele explicou que a doação inclui 1,200,050 comprimidos e 400,000 ampolas do medicamento que dará cobertura aos centros de saúde de todas as províncias.

Desde os primeiros casos positivos de COVID-19 no país, a organização internacional tem trabalhado com as autoridades sanitárias e reafirmado seu compromisso de continuar apoiando os esforços da ilha para enfrentar os múltiplos desafios impostos pela pandemia.

Também afirmou que o UNICEF continuará a trabalhar para todas as crianças e adolescentes, especialmente aqueles em situação de vulnerabilidade.

Em nome do Ministério da Saúde Pública (MINSAP), a Dra. Dania Madiedo Pérez, diretora do Hospital Infantil, agradeceu o ato de solidariedade

Chega um momento em que o governo cubano está envidando grandes esforços para manter os recursos necessários diante do aumento dos casos positivos.

Ele explicou que a instituição é um centro de referência em diversas especialidades, atendendo a uma população de 420,000 mil crianças dos municípios de La Lisa, Playa e Marianao, além daqueles com condições complexas em todo o país.

Além disso, o Juan Manuel Márquez atende crianças de um a 18 meses e possui um centro de atendimento hospitalar, localizado no Hotel San Alejandro, para crianças de baixo risco com sintomas leves de 18 meses a 10 anos.

Por sua vez, Déborah Rivas Saavedra, Vice-Ministra de Comércio Exterior e Investimentos, agradeceu ao UNICEF e ao Governo do Canadá por este gesto altruísta e solidário que beneficiará as mulheres grávidas e as crianças mais necessitadas, bem mais precioso e futuro do país.

A dexametasona é um medicamento utilizado nas doenças respiratórias, alérgicas, autoimunes, hematológicas, gastrointestinais, neurológicas, renais, dermatológicas e oculares, entre outras. Por sua vez, apóia o tratamento de pacientes graves e críticos com COVID-19.

Também estiveram presentes na cerimônia de doação a Dra. María Victoria Torres Hernández, especialista do Departamento de Organizações Internacionais do Ministério de Relações Internacionais do MINSAP, além de funcionários do próprio ministério, do UNICEF e membros da diretoria do hospital.

Leia também:

Haiti, esforços de resposta a terremotos continuam: ações da ONU e da UNICEF

Covid Vaccine, Cuba iniciará administração experimental para 1.7 milhão de habitantes

Fonte:

Ministério da Saúde de Cuba

você pode gostar também